no-style


Greve dos petroleiros é ilegal, declara o TST






A paralisação das operações das refinarias, do transporte pela Transpetro e da distribuição de combustíveis pela BR, teria efeitos trágicos para o povo brasileiro, afetado gravemente pela crise provocada pelo atual desabastecimento de combustíveis, gerando caos de proporções inimagináveis e de consequências institucionais trágicas.



Caso os petroleiros não atendam a ordem, seus sindicatos pagarão, cada um, multa diária de R$ 500 mil.

A FUP, Federação Única dos Petroleiros, que com a CUT promovem a greve, tentam cavalgar a paralisação dos caminhoneiros para fragilizar o governo e obter ganhos políticos e eleitorais para o PT e para o condenado por corrupção Lula da Silva.


Por Blog jornalista Políbio Braga

Postar um comentário

0 Comentários