no-style


ATRAVÉS DE DECRETO, PREFEITURA DE DELMIRO GOUVEIA VAI GARANTIR AO MUNICÍPIO ECONOMIA DE MAIS DE R$ 1 MILHÃO





O decreto entra vigor a partir desta quarta-feira (6), e mostra que o município teve planejamento prévio diante à crise que o Brasil enfrenta, reduzindo até o salário do prefeito. A meta é trazer mais investimentos em setores como saúde e infraestrutura.


A economia brasileira passa por um momento instável, e os municípios, principalmente os de menor habitação, precisam colocar em prática estratégias para que isto não afete aos serviços públicos prestados à população. Se precavendo à crise, a Prefeitura de Delmiro Gouveia, Alagoas, anunciou nesta segunda-feira (4), uma série de medidas com a meta de diminuir mais de R$ 1 milhão em gastos do município, estipulando um decreto com validade de 90 dias. Mais de R$ 350.000,00 em despesas mensais devem ser reduzidas, com cortes que incluem redução até no salário do prefeito.
Queda de repasses chegam em até mais de 50%

O objetivo da atitude é organizar as finanças do município diante da queda dos repasses do Governo Federal, com Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e, principalmente, as relativas ao recurso de ICMS nesses primeiro semestre de 2018, que, comparado à soma total do recursos dos cinco primeiros meses de 2017, teve queda de mais de 50% de repasse, representando a maior expressão financeira.

Equilíbrio na economia e avanços para o município

Conforme o prefeito Padre Eraldo Cordeiro, de imediato, serão reduzidos benefícios de servidores públicos comissionados, contratados, incluindo o de cargos como o do mesmo, do vice-prefeito, de secretários e adjuntos.

“Estamos cortando na própria carne, com a reduções que reduzir, inclusive, 30% no meu próprio salário de prefeito e do vice, e que também se estende a diversos cargos comissionados e contratados com salários acima de 2 mil reais, 25% nos subsídios dos secretários. Além disso, a gestão vai evitar a concessão de aumentos e criação de novos cargos. Essa economia vai gerar mais investimentos para a saúde e infraestrutura,” declarou o prefeito Padre Eraldo.

O prefeito ainda ressalta a boa organização financeira que o município mantém em sua gestão.  “Nós sempre tivemos muita organização com as finanças de Delmiro, e isso pode ser comprovado facilmente: tiramos o nome da cidade das pendências CAUC, que é o SPC dos municípios, o que possibilitou muitos avanços. Administrar o dinheiro público exige muita disciplina, cautela, e acima de tudo, planejamento”, finaliza Padre Eraldo. 


Decreto entra em vigor muito em breve

Também serão cortadas bonificações e gratificações. Servidores concursados não terão abalo nos salários. O decreto sobre as mudanças a serem implantadas será publicado em edição do Diário Oficial dos Municípios desta quarta-feira (6), e começa a valer a partir da referida data, tendo impacto no salário pago no final do mês.






Postar um comentário

0 Comentários