no-style


COM A SAÍDA DE MÉDICOS CUBANOS, PSF`S SERÃO FECHADOS NA REGIÃO DE PAULO AFONSO, GLÓRIA, PEDRO ALEXANDRE, SANTA BRÍGIDA E RODELAS


Com Cuba fora do Mais Médicos a Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco que fazem parte da região, serão as mais afetadas.

 Bahia perde 822 profissionais; Pernambuco 414 profissionais, Alagoas perde mais de 100 médicos e Sergipe 96 médicos.

A saída dos cubanos está prevista para o final do mês de dezembro de 2018. Desde de junho de 2014, os médicos cubanos atendem na região.

Paulo Afonso-BA perde sete médicos cubanos que atendem na Atenção Básica de Saúde; Santa Brígida-BA perde um; Rodelas-BA também perde um médico, Pedro Alexandre-BA perde seis cubanos e Glória-BA terá um desfalque de cinco médicos, ou seja, dos sete PSF ‘s existentes cinco são “Brancos” e dois para Indígenas. Sendo que os indígenas são gerenciados pela SESAI/FUNAI.

Em conversa com Flávio secretário de saúde do município de Glória, “ele lamentou o fato e disse que simplesmente cinco dos sete PSF ‘s ficarão sem atendimento sendo quatro PSF`s Brancos e um para Indígena. É um impacto extremamente negativo. Voltaremos a ser “reféns” do “cartel” dos médicos brasileiros”. Comentou.
Segundo Flávio, “o Ministério da Saúde exige uma carga horária de 40h. Onde iremos encontrar médicos brasileiros com essa disponibilidade? No final, o grande perdedor é o povo! A não ser que o Governo Federal realmente CONVOQUE -OS para o serviço”. Finalizou

Ao perguntarmos sobre qual será o plano B, Flávio informou que vai sentar com o prefeito David Cavalvanti (Progressistas) e sua equipe para planejar essas substituições.



Por: Jornal em Destaque

Postar um comentário

0 Comentários