no-style


PROFESSORAS SÃO ACUSADAS DE PROMOVER LUTAS EM CRECHE (VEJA VÍDEO)



Crianças eram incentivadas a brigar para "aliviar o estresse"

Nos Estados Unidos, duas professoras de uma creche em St. Louis, no Missouri, acabaram indiciadas após promoverem um “clube de luta” com as crianças. Imagens mostram as duas incentivando as crianças a brigar em uma área que imitava um cenário de campeonato de boxe.

Mickala Guliford, de 28 anos, e Tena Dailey, de 22, cuidavam de crianças com 3 e 4 anos de idade. A iniciativa delas foi descoberta por uma mãe, Nicole Merseal, que divulgou imagens de seu filho de 4 anos lutando com um colega de sala.

Indignada, a mãe decidiu processar a direção da creche. Porém, ela precisava de provas suficientes para conseguir acusar as professoras. O caso aconteceu em 2016, mas somente na semana passada Nicole publicou o vídeo que mostra a briga das crianças. As imagens foram captadas por outro filho dela.

A história ganhou destaque em vários jornais americanos. A primeira audiência da mãe contra as professoras foi marcada para o dia 3 de dezembro. Nicole pediu 25 mil dólares (R$ 93 mil) de indenização.

Diante da acusação, e da repercussão do caso, Mickala se defendeu. Ela disse que as brigas foram promovidas para que as crianças pudessem “aliviar o estresse”.



Por:Pleno.news

Postar um comentário

0 Comentários