EM SAÍDA TEMPORÁRIA, RICHTHOFEN É FLAGRADA EM FESTA E VOLTA À PRISÃO



Essa não foi a primeira vez que a presa descumpriu as normas da saída temporária. Em 2016, ela chegou a ser mandada para a solitária como punição



Horas depois de deixar a cadeia ao ser beneficiada com a saída temporária de fim de ano, Suzane von Richthofen teve de retornar à prisão após ser flagrada em uma festa na tarde deste sábado (22) em Taubaté (SP).
Como noticiado pelo 'G1', a Suzane foi encaminhada de volta à Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé, pois não estava no endereço informado à Vara de Execuções Criminais. As regras do benefício exigem que os presos sigam direto para o município onde declararam residência.

A detenta deixou o presídio por volta das 8h deste sábado (22) e teria seguido para Angatuba. À tarde, foi feita uma denúncia de que ela estaria em uma festa de casamento em Taubaté, cidade vizinha a Tremembé. A polícia foi checar e fez o flagrante.

"Fomos checar a situação e confirmamos que ela ela estava contrariando a norma da saída temporária. Foi feito o que faria e fizemos com qualquer outro preso. Somente hoje, além dela, foram outros dois presos que também foram encontrados cometendo a mesma infração e foram levados de volta aos respectivos presídios", contou ao site o Capitão da Polícia Militar Carlos Alberto Souza.

Pouco antes das 17h, Suzane já estava de volta ao presídio. A infração deve ser comunicada à Justiça, que decidirá se ela perde ou não o direito à saída temporária. A detenta ficaria em liberdade por 10 dias, até 3 de janeiro.

Em maio de 2016, a presa já tinha cometido uma infração na saída temporária. Na ocasião, ela forneceu um endereço falso às autoridades. Como punição, Suzane respondeu a um processo administrativo e ficou em uma cela solitária.


Por: Notícia ao Minuto



Nenhum comentário:

Postar um comentário

As Mais acessadas da semana (Verdade Livre)