ASSASSINATO DE PROFESSOR EM PIRANHAS-AL, FOI MOTIVADO POR VINGANÇA, DIZ POLÍCIA

Com o preso suspeito da morte do professor em Piranhas, Alagoas, a polícia apreendeu um revólver e munições — Foto: Divulgação/Delegacia de Piranhas


Suspeito preso disse à Polícia Civil que teve irmão e sobrinho mortos pelo irmão do professor, e por isso resolveu se vingar.



A Polícia Civil  informou nesta quinta-feira (14) que o professor Macilon Vieira Barros foi assassinado por vingança. Um homem foi preso suspeito do crime e disse à polícia que o matou porque teve irmão e sobrinho assassinados pelo irmão do professor, e queria se vingar.

O homicídio do professor aconteceu na noite de quarta (13), no Povoado Piau, em Piranhas. José Pedro da Silva, 28, foi preso nesta manhã. A polícia faz diligências para localizar o outro suspeito, identificado como Claudemir de Jesus.

Ele disse que o irmão do professor, que é conhecido como 'Banda', tinha matado o irmão e o sobrinho dele, e por isso ele resolveu se vingar e matar o irmão dele [Banda] também”, explicou o chefe de serviços do 32º Distrito Policial da cidade, que se identificou apenas como Jair.

A Polícia Civil informou ainda que o professor foi assassinado por mais de uma pessoa.

“A vítima estava jogando futebol de salão em um ginásio, como de costume. E ontem, os dois [suspeitos] entraram lá encapuzados, arrastaram o professor para fora e quando chegou no meio da rua, o executaram. A Polícia Militar estava passando no momento e viu, mas os dois conseguiram correr”, disse o chefe de serviços.

José Pedro foi preso com a arma do crime. O outro suspeito ainda está sendo procurado pela polícia.

Por: G1

Postar um comentário

0 Comentários