GUARDA MUNICIPAL DESTRÓI TAPETE DE SERRAGEM EM HOMENAGEM A MARIELLE

© Reprodução / YouTube


Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um guarda municipal de Ouro Preto (MG) pisoteando a homenagem feita para a vereadora Marielle Franco (PSOL)



Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um guarda municipal de Ouro Preto (MG) pisoteando, na Semana Santa, um tapete de serragens que homenageava a vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada a tiros em março de 2018, no Rio. O tradicional tapete faz parte da comemoração religiosa da Páscoa na cidade.

Nas imagens, um guarda chuta as serragens e destrói o tapete. Populares protestaram e gritaram: 'Marielle vive'. Ouro Preto tem cerca de 74 mil habitantes. A cidade histórica fica a 1h40 da capital mineira, Belo Horizonte.

A confecção do tapete de serragens reúne milhares de pessoas a cada Páscoa. O objetivo dos tapetes é enfeitar a Procissão da Ressurreição.

A destruição do tapete gerou reação nas redes sociais da prefeitura. No Facebook, internautas reclamaram da ação da Guarda Municipal. "Simplesmente vergonhosa a ação da guarda municipal destruindo os lindos tapetes que homenageavam uma pessoa que, como Jesus, lutava contra a opressão", escreveu um homem.

Outro internauta afirmou. "Lamentável ver um bárbaro e covarde pisoteando o tapete de flores! Se a prefeitura não afastar esses fascistas da guarda municipal, a cidade não merece receber visita de quem tem apreço e respeito pela democracia!"

Um terceiro escreveu. "Absurdo total, muito vergonhosa a atitude."

Por: Estadão Conteúdos




Nenhum comentário:

Postar um comentário

As Mais acessadas da semana (Verdade Livre)