NÚMERO DE MORTOS EM INCÊNDIO DE AVIÃO EM MOSCOU SOBE PARA 41


                                  Apenas 37 pessoas sobreviveram/ Nadezhda Polomoshnova/Reuters



O presidente da Rússia, Vladimir Putin, expressou condolências aos parentes das vítimas e deu instruções para que recebam todo tipo de assistência

A porta-voz do Comitê de Instrução da Rússia, Elena Markovsksya, informou que 41 pessoas morreram no incêndio ocorrido em um avião de passageiros que realizou uma aterrissagem de emergência neste domingo (5) no aeroporto Sheremetievo em Moscou, na Rússia.

De acordo com o órgão, dos 78 ocupantes do avião modelo Sukhoi Superjet 100, que pertence à companhia estatal de aviação russa Aeroflot, apenas 37 sobreviveram ao acidente.

Mais cedo, as autoridades russas informaram que 13 pessoas morreram, entre elas dois menores de idade e um membro da tripulação.

A aeronave tinha decolado do aeroporto Sheremetievo com destino à cidade de Murmansk, no noroeste do país. Minutos depois, os pilotos relataram à torre de controle que houve problemas a bordo e decidiram retornar e efetuar uma aterrissagem de emergência com o avião em chamas.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, expressou condolências aos parentes das vítimas e deu instruções para que recebam todo tipo de assistência, informou o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

Ainda não foi revelado o problema que obrigou os pilotos a retornarem ao aeroporto, embora uma fonte citada pela "TASS" tenha apontado como a causa mais provável o impacto de um raio na aeronave.

Por:R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As Mais acessadas da semana (Verdade Livre)