no-style


ALAGOAS REGISTRA O PRIMEIRO CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS


Foto: Reprodução Extra Alagoas/Sesau

 A Secretaria de Estado da Saúde (SESAU) informa que foi notificado, na tarde desta quarta-feira (27), um caso suspeito de Coronavírus através do Centro de Informação Estratégica e de Resposta em Vigilância em Saúde (CIEVS), validado hoje pelo Ministério da Saúde.


Na plataforma de notificação de casos do Ministério da Saúde, Alagoas já consta do mapeamento. (Figura abaixo). A situação do paciente alagoano e os cuidados estão sendo tomados pelas autoridades de saúde alagoanas serão detalhados em entrevista coletiva marcada para esta sexta-feira, 28.

Trata-se de um alagoano de 66 anos que voltou da França (país europeu com casos confirmados do vírus) para Maceió no dia 11 de fevereiro, após conexão em São Paulo. O paciente chegou com um quadro de dor de garganta, que evoluiu para fraqueza, dificuldade de respirar, tosse e febre. Ele só procurou o serviço de saúde privado no dia 26 de fevereiro.

Paciente está isolado

O paciente foi avaliado pela equipe médica do hospital da rede privada e foi colocado em isolamento domiciliar por apresentar sintomas leves. As coletas de amostras foram enviadas ao LACEN/AL, que as encaminhou ao Laboratório Nacional de Referência Adolfo Lutz.

O CIEVS/AL solicitou à ANVISA/AL a lista de passageiros que estavam no mesmo voo para contatar os Estados de origem e também estabeleceu a investigação dos familiares. Conforme protocolo do Ministério da Saúde, o centro vem mantendo monitoramento contínuo.

Abaixo você confere o mapeamento da presença dos casos no Brasil e no Mundo feito pelo Ministério da Saúde. Clique na ilustração para ver a situação dos demais estados.



Orientações

A Sesau reforça que pessoas que apresentem sinais e sintomas característicos e que possuam histórico de viagem recente a um dos 16 países com casos do vírus (China, Japão, Irã, Vietnã, Camboja, Tailândia, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Singapura, Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Itália e Malásia) ou tenham entrado em contato com caso suspeito ou confirmado de COVID-19 devem procurar atendimento nos serviços de saúde mais próximos de sua residência.  Nesses casos, devem ser adotadas as medidas de precaução e evitar locais públicos.

Ressaltamos que o Plano de Contingência do Estado de Alagoas para o novo Coronavírus foi elaborado desde o início de fevereiro e vem sendo divulgado para os serviços de saúde.  A Sesau reforça o compromisso em manter a população informada e alerta para a ocorrência de possíveis casos suspeitos.

Para informações adicionais, entrar em contato com o CIEVS/AL:
Por telefone:
è  (82) 3315 - 2059/ 0800 284 5415 (Horário comercial – todos os dias).
è  (82) 98882 - 9752 (24hs).
Por e-mail: notifica@saude.al.gov.br

Como se prevenir

Em uma página especial com informações do coronavírus, o Ministério da Saúde traz uma lista com medidas para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
Evitar contato próximo com pessoas doentes.
Ficar em casa quando estiver doente.
Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Fonte: TNH1 com Agência Alagoas

Postar um comentário

0 Comentários