no-style


'A CADA DEZ ANOS, A CHINA INVENTA UMA PANDEMIA', AFIRMA SECRETÁRIO DE SAÚDE

Foto:Reprodução Facebook
Alexandre Ayres deu esta declaração durante transmissão ao vivo nesta quarta-feira

Durante transmissão nas redes sociais, na manhã desta quarta-feira (13), o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, deu uma declaração que surpreendeu. Ao lado do governador Renan Filho, ele acusou a China a 'inventar' uma pandemia a cada dez anos, levando em consideração o histórico destes eventos no mundo.
"A gente sabe que estas pandemias são cíclicas e o que isto quer dizer? A cada dez anos, a cada oito anos, a China inventa uma nova pandemia, como já tivemos outras em tempos passados, e temos que estar prontos, preparados, com estes investimentos, com uma saúde cada vez mais organizada", afirmou Ayres.
Ele declarou isto enquanto complementava uma fala do governador sobre investimentos no setor de saúde de Alagoas. O gestor se referia às obras de reforma do Hospital Escola Dr. Helvio Auto, referência no trato de pacientes com doenças infectocontagiosas, e emendou com esta afirmativa.
Gazetaweb buscou mais explicações com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) sobre a declaração feita pelo secretário e aguarda as respostas. Um dos questionamentos é com que base de dados o gestor acusa o país do oriente de inventar pandemias? 
Frase semelhante escrita recentemente no Twitter pelo ministro da Educação do governo Bolsonaro, Abraham Weintraub, provocou uma dura reação diplomática por meio da China. Ele relacionou a pandemia ao fortalecimento do país asiático e a um plano dele "dominar o mundo". O filho do presidente e deputado federal por São Paulo, Eduardo Bolsonaro, também se envolveu em polêmica ao fazer comentários sobre a China. 
A transmissão ao vivo nas redes sociais foi feita diretamente do Hospital Metropolitano, anunciado para ser entregue na próxima sexta-feira. Lá, Renan Filho informou que está estudando, com o corpo técnico de saúde, se endurece as regras de isolamento social em Alagoas. A decisão já pode ser tomada na tarde desta quarta-feira, em uma reunião com a Sesau.
O boletim mais atualizado da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulgado na noite dessa terça-feira (12), mostrou que, dos 155 leitos de UTI exclusivos para Covid-19, 120 estão ocupados (77% de ocupação). Os dados também revelaram que 191 pacientes estão internados em leitos clínicos (são 319 disponíveis, ou seja, mais da metade está ocupada).
 Alagoas tem 2.580 casos confirmados de coronavírus, sendo 17 desses residentes em outros estados (DF, PE, RJ, SP, BA e SC). Do total, 1.446 pessoas finalizaram o período de isolamento social e, como não apresentam mais sintomas, estão recuperadas. Até essa terça, 150 óbitos relacionados à doença tinham sido registrados. Outros 1.334 casos da doença estão em investigação.

Por:Gazetaweb

Postar um comentário

0 Comentários