no-style


PANDEMIA NÃO DIMINUI VIOLÊNCIA EM ALAGOAS E Nº DE HOMICÍDIOS CHEGA A 600 EM 2020

Foto/Arquivo Gazetaweb
Dados divulgados pela SSP mostram uma média de quase quatro mortos por dia 

Mesmo em tempos de pandemia e de isolamento social, Alagoas segue com um ritmo crescente de homicídios. Nos últimos três meses, foram 336  assassinatos, 105 somente no mês de maio, quando medidas mais rígidas impostas pelo decreto estadual já vigoravam há algum tempo. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/AL).
Alagoas contabilizou perto de 600 vítimas de janeiro a maio, uma média de quase quatro assassinatos por dia. Neste mesmo período, em 2019, foram 528 homicídios.
Em relação ao mesmo período de 2019, ou seja, os últimos três meses, houve aumento do número de homicídios em Alagoas. No ano passado, de março a maio, foram 313, subindo para 336 este ano. Os dados constam no boletim da estatística criminal da SSP/AL.
De janeiro a maio deste ano, mais de 90% das vítimas eram homens e mais de 50% tinham entre 18 e 29 anos e 70% foram assassinados com o uso da arma de fogo.  Outro dado que chama a atenção é que menos da metade dos homicídios ocorreram nas ruas, quase a mesma quantidade de assassinatos ocorridos em casa e próximos às residências das vítimas.
De janeiro a maio, Maceió liderou os chamados crimes violentos letais intencionais (CVLI), com 173 registros, seguido de Arapiraca, com 34 casos. Nos cinco primeiros meses, ocorreram dez feminicídios no estado, dois deles em Maceió, dois em Rio Largo e o restante nos demais municípios. 
Por:Gazetaweb

Postar um comentário

0 Comentários