no-style


HOMENS FLAGRADOS COM CERCA DE 800 AVES SÃO MULTADOS EM MAIS DE R$1 MI EM CANAPI

                               Aves de diversas espécies foram apreendidas em caixas inapropriadas 

FOTO: DIVULGAÇÃO/ASCOM

PRF apreendeu 800 aves silvestres em Canapi; IBAMA aplicará 2 multas para cada envolvido

Uma operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) resultou na apreensão de 800 aves silvestres e na prisão de dois homens por crime ambiental. De acordo com a PRF, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) aplicará duas multas para cada envolvido, totalizando um valor de R$ 1.056.250 para cada.

O flagrante ocorreu durante uma ação no km 26 da BR 423, em Canapi, interior de Alagoas. Policiais rodoviários federais fiscalizavam o trecho e deram ordem de parada a um veículo Jeep/Renegade, de cor cinza, com dois ocupantes.

Após a abordagem, os agentes encontraram 800 aves silvestres em caixas inapropriadas cobertas com panos no banco de trás e no porta-malas. Ao questionarem os indivíduos sobre a procedência dos pássaros, eles alegaram que teriam comprado para revender na feira de Caruaru, em Pernambuco.

Os policiais consultaram o sistema e constataram que o veículo tinha o registro de apropriação indébita, emitido no dia 04/05/2018, em Fortaleza-CE. Com isso, os homens e o veículo foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Batalha para os procedimentos cabíveis. Eles deverão responder por crime ambiental (art. 29 da Lei nº 9.605/98) e por apropriação indébita (art. 168 do CP).

As aves foram encaminhadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) de Maceió, de responsabilidade do IBAMA e do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas. Deram entrada 264 da espécie Galo-da-campina (Paroaria dominicana), sendo que 16 entraram em óbito; 41 Cancão (Cyanocorax cyanopogon); 12 da espécie Corrupião (Icterus jamacaii), sendo que 3 óbitos; 49 da espécia Azulão (Cyanoloxia brissonii); 297 Papa-capim (Sporophila nigricollis), mas 32 não resistiram e dois conseguiram fugir; 32 Periquito-rei (Eupsittula aurea) e 20 da espécie Jabuti (Chelonoidis carbonaria).

Os Autos de Infração aplicados pelo IBAMA foram pelo transporte de animais silvestres nativos sem autorização e por maus-tratos.


Gazetaweb

Postar um comentário

0 Comentários