no-style


LABORATÓRIO INVESTIGA 'SEMENTES MISTERIOSOS' RECEBIDAS APÓS COMPRAS NA INTERNET


Sementes misteriosas vindas da China e Malásia/Foto: Divulgação/Ministério da Agricultura

Produtos enviados a moradores de 17 Estados do país e do Distrito Federal têm origem de países asiáticos e há riscos de propagarem pragas e doenças

Os inusitados pacotinhos com sementes "misteriosas" enviadas a consumidores que fizeram compras pela internet passam por uma investigação no Laboratório Federal de Defesa Agropecuária, localizado em Goiás. Conforme o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), os produtos possuem origem asiática, de países como Malásia e China.

Ao todo, serão analisados 147 embalagens enviadas para moradores que vivem no Distrito Federal e em 17 Estados: Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Tocantins.

Ainda não há resultados preliminares e a entidade afirma que as análises são demoradas e passam por diversas etapas. Além de identificar as espécies das sementes, as investigações vão fazer um diagnóstico fitossanitário. Até o momento, já foram recebidos 56 pacotes com o material pelo laboratório especializado.

 

Pragas e propagação de doenças

 

Após relatos do recebimento das semestes "misteriores" nas redes sociais, o Mapa emitiu um alerta sobre os riscos do produto. De acordo com a pasta, a manipulação dos materiais pode propagar pragas, como ervas daninhas, e até doenças que não existem ou já estão erradicadas no Brasil.

 Quem tiver recebido a encomenda deve procurar a unidade regional do Ministério da Agricultura.


Por:O Tempo


Postar um comentário

0 Comentários