no-style


HOMEM FLAGRADO AGREDINDO MULHER COM SOCOS NO ROSTO, NA BA, RESPONDE POR 10 CRIMES DE VIOLÊNCIA CONTRA OUTRAS MULHERES; IMAGENS FORTES

(crédito: Reprodução/Twitter)

Segundo titular da Deam, Carlos Samuel Freitas Costa Filho tem longo histórico de agressão a ex-namoradas e mulheres da própria família. Até esta quinta-feira (15), ele não havia sido encontrado pela polícia.

O homem que foi filmado agredindo uma mulher com socos no rosto, na cidade de Ilhéus, cidade do sul da Bahia, já responde por outros 10 crimes de violência contra mulheres. O caso desta semana é o 11º registro de agressão na ficha de Carlos Samuel Freitas Costa Filho. Ele é procurado pela polícia.

De acordo com a titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Ilhéus, Márcia Rezende, que investiga os casos, o histórico de agressões dele é contra ex-namoradas e contra mulheres da própria família.

"Nós já identificamos civilmente o autor. Ele já tem 10 registros aqui na Deam, por violência familiar e doméstica, daí tem namoradas e parentes do sexo feminino, familiares. E essa é a 11ª ocorrência dessa pessoa. Nós vamos tomar todas as providências cabíveis mais uma vez. Ele já vai ser intimado, e ela [vítima] ainda vai ser identificada para ser intimada", detalhou a delegada.

Até esta quinta-feira (15), a vítima da última agressão não havia registrado boletim de ocorrência contra o suspeito. Mesmo sem o registro formal da vítima, a polícia já iniciou as investigações e faz buscas por Carlos Samuel.

 

Agressão

O crime aconteceu no centro de Ilhéus, e um vídeo que mostra as agressões circulou nas redes sociais, na quarta-feira (14). Mesmo sabendo que estava sendo filmado, o agressor não se intimidou e continuou a bater na mulher (veja o vídeo acima. As imagens são fortes).

 As imagens gravadas por uma moradora mostram o agressor e a vítima perto de um carro, na frente de uma casa.


No vídeo, a vítima insinuou que o suspeito já teria a agredido antes, e que ela estaria com a boca machucada. Ela pediu várias vezes para que o homem deixasse o local. No vídeo, não fica clara a relação que a vítima tem com o agressor. A polícia está apurando essa informação.

 “Me solte e vá embora. Você se acha que, porque você é amigo de polícia... Eu vou dar queixa de você. Aqui, minha boca está do jeito que está”, disse a mulher.

Ainda no vídeo, é possível ver que o homem falou com a mulher que estava gravando a agressão. Carlos Samuel deu a entender que a pessoa que filmava tinha dito que um homem ia descer da casa para contê-lo, e chama esse outro homem para briga.

 

“Cadê o homem que você disse que vai descer? Cadê ele? Manda ele descer que eu quero ver”, disse o suspeito.

 

O vídeo ainda mostra que a vítima pediu para que esse segundo homem não descesse e avisou que Carlos Samuel não estava armado. “Desça não, moço, ele não tem nada. É um 'Zé Ruela', não tem nada”.

 

Logo depois, ela voltou a pedir que o agressor fosse embora, mas não foi atendida. Ele, então, a agride com uma sequência de murros no rosto.

 

“Acabou. Desencosta de mim, pegue sua moto e vá embora. Vá embora, eu vou dar queixa de você”, pediu a vítima.

G1/ Vídeo:youtube

Postar um comentário

0 Comentários