BEBÊ DE 10 MESES DESAPARECE APÓS SER LEVADO POR ENXURRADA NA CHÃ DA JAQUEIRA

 

Ascom CBM

O Corpo de Bombeiros foi acionado na manhã desta terça-feira (15) para uma ocorrência de soterramento na Grota Santa Helena, em Chã da Jaqueira, após deslizamento de barreira que atingiu casas na região, em consequência da forte chuva que cai em Maceió. Um bebê de 10 meses foi levado pela enxurrada e está desaparecido.

 

A assessoria da corporação afirmou que o desaparecimento da criança foi destacado durante o chamado, porém o trabalho da equipe está em andamento e não houve ainda a localização do menino.

"As buscas já foram iniciadas, sem previsão de término. Na casa moravam um casal e dois filhos, e somente o bebê foi levada pela enxurrada. São 12 militares trabalhando, mas um reforço está por vir. Só saímos daqui com a criança encontrada", disse um bombeiro em entrevista ao programa Balanço Geral Alagoas, da TV Pajuçara.

Segundo informações do repórter Netto Motta, era por volta das 5h da manhã quando a família foi surpreendida pelo deslizamento da barreira. "A casa deles foi ao chão, ficou toda destruída e quando o barro começou a invadir o local, a mãe estava com o bebê no colo e tentou correr, mas o menino escorregou das mãos dela. Ela disse que tentou pegá-lo de todo jeito, mas não conseguiu. E infelizmente o bebê foi levado pelo barro, pela enxurrada", relatou o jornalista.



O Corpo de Bombeiros destacou também que o deslizamento de terra atingiu uma residência na mesma grota, porém sem vítimas, apenas dano material. Três viaturas foram deslocadas para a comunidade.

A Defesa Civil já está no local e isolou duas casas próximas com risco de desabamento.

 

Chuva em Maceió

 

Maceió amanheceu debaixo d'água nesta terça e vários pontos da cidade registraram alagamento.

A Defesa Civil havia alertado ontem para riscos de deslizamentos neste período. O aviso meteorológico emitido pela Sala de Alerta da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas aponta para acumulados significativos de chuva que podem se estender durante o dia de hoje.

O órgão orienta que, caso os moradores identifiquem alguma situação de risco nos locais onde moram, acionem o órgão através do telefone 199, para realização de uma vistoria.

Outro serviço que pode ajudar a população a agir de forma preventiva é a mensagem de texto que é disparada pelo órgão ao receber alertas. Para receber esse serviço basta enviar uma mensagem de texto SMS para o número 40199. No corpo do texto da mensagem basta escrever o número do CEP de onde se mora. Em instantes você já recebe a confirmação de cadastro do serviço de alerta.


TNH1

 

Postar um comentário

0 Comentários