'MANDANTE DO SEQUESTRO ERA AMIGO DO PAI DA VÍTIMA', DIZ DELEGADO

 

Foto: Giovanni Luiz 

Mariana Santos da Silva Farias, de 14 anos, foi raptada nessa quarta-feira, em Arapiraca; três homens foram mortos em confronto com a polícia e outros dois foram presos.


O delegado Gustavo Xavier informou, em entrevista à TV Gazeta, nesta quinta-feira (17), que o mandante de sequestrar Mariana Santos da Silva Farias, de 14 anos, conhecia o pai da vítima. A adolescente foi raptada no início da tarde de ontem, em Arapiraca, sendo ela resgatada horas depois, às margens da rodovia AL-220, próximo à Usina Porto Rico, em Campo Alegre. O mandante do crime e mais dois suspeitos foram mortos em confronto com a polícia e outros dois foram presos.

Ainda segundo o delegado, a motivação para o sequestro seria o recebimento de uma quantia em dinheiro. O principal criminoso, identificado como Maurício 'Gordo', que também reside em Arapiraca, contratou os suspeitos prometendo o pagamento do valor que pediria ao pai da menina pelo resgate, no entanto, a ação não saiu como o planejado. Três pessoas foram mortas e outras duas foram presas em Maceió.

"Um deles [suspeitos] era morador de Arapiraca e conhecia o pai da adolescente de 14 anos. Após informações passadas pelos dois presos em Maceió, eles receberam o pedido por parte do criminoso chamado Maurício, que teria contratado os dois de Maceió para que fosse feito o sequestro da menina, com a promessa de pagamento de uma vantagem mais à frente que ocorreria após pedido de resgate diretamente com a família. Pelo depoimento dos que foram presos, eles queriam dinheiro da família", disse Xavier ao explicar como se deu o sequestro .

E completa: "De início, recebemos informações de que dois meliantes estavam na região do Gama Lins, e eles teriam participado do sequestro da jovem. Chegamos ao local e nos deparamos com o veículo usado no sequestro, o Onix vermelho, bem como os dois elementos. Em conversa com eles, foi informado todo o modus operandi, como tudo ocorreu, toda essa ação criminosa, que terminou com o sequestro da adolescente em Arapiraca", narrou Xavier.

O delegado confirmou, também, que a repercussão do caso e a mobilização da população ajudou a libertar a adolescente.

"Pela pressão causada pela sociedade, eles abandonaram a jovem perto de uma usina. Quando eles acabaram de liberá-la, nós a encontramos", concluiu.

 

Resgate

Segundo a polícia, que realizava buscas na cidade desde o ocorrido, no início da tarde de ontem, os suspeitos do sequestro foram encontrados e, após conversas com as autoridades, decidiram se entregar. No momento, os acusados estavam armados e, antes de serem detidos, trocaram tiros com a polícia. Na ação, três deles morreram e dois foram presos.

Pelo menos 14 equipes da Polícia Militar e Civil, além de uma aeronave do Grupamento Aéreo participaram das buscas para localizar o paradeiro de Mariana e dos criminosos que participaram do crime.

 


Estudante Mariana Santos é recebida pela mãe após desfecho de sequestro


Gazetaweb/Vídeo: Youtube

Postar um comentário

0 Comentários