GOVERNADOR PERSEGUE PREFEITOS DE OPOSIÇÃO, ACUSA DEPUTADO

Divulgação

Segundo Davi Maia, Renan Filho privilegia ações nos municípios administrados por aliados políticos e isola quem não é do grupo


O deputado estadual Davi Maia (DEM) pediu a palavra, na sessão ordinária da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), nesta terça-feira (19), para acusar Renan Filho (MDB) de privilegiar as ações de governo aos municípios cujos prefeitos são aliados políticos dele. Por outro lado, diz que o governador isola e persegue os gestores que não fazem parte do grupo palaciano. Como prova desta preferência, o parlamentar citou o anúncio feito nessa segunda-feira (18) da construção de creches com recursos do tesouro estadual. No evento que programou, no Palácio República dos Palmares, estiveram presentes 16 prefeitos, sendo a maioria absoluta do MDB (13, no total).

“No mínimo, existe uma desproporcionalidade nestas atitudes anunciadas pelo governador. Está muito claro, pra mim, o isolamento dos prefeitos que não estão inseridos na aliança política de Renan Calheiros Filho. É público e notório que o governador está em campanha desenfreada, percorrendo os municípios, assinando ordens de serviço e fazendo promessas que, dificilmente, vai cumprir”, destacou Davi Maia.

Ele comenta que o MDB elegeu 36%, em média, dos prefeitos no pleito do ano passado e, mesmo não representando a maioria, estes gestores são beneficiados, prioritariamente, pelo governo do Estado. “Agora, Renan Filho está anunciando a construção de creches que prometera desde 2014, mas estes espaços só serão erguidos em municípios onde os prefeitos são aliados dele. Se chegar no Vale do Paraíba, as ações do governo acabam. O que estamos vivendo é uma verdadeira perseguição política neste Estado, mas, como toda a seca passa, a era Calheiros está chegando ao fim, graças a Deus”, critica. Para repercutir o assunto, a deputada Jó Pereira (MDB) cobrou da liderança do governo na Casa de Tavares Bastos a apresentação dos critérios objetivos de escolha dos locais onde serão construídas as creches. “A preocupação do colega Davi Maia é legítima. É preciso saber quais os critérios para a distribuição aos municípios desses espaços. Uma coisa é certa: estas creches precisam ser construídas em territórios de maior vulnerabilidade”, avalia. Já o líder do governo, Silvio Camelo (PV), disse discordar da acusação.

 Ele alega que Renan Filho age com isenção, independente dos acordos políticos que são feitos e com base na necessidade da população. “Mesmo assim, vou buscar informações de quais municípios já enviaram ofício colocando à disposição do Estado uma área para a construção da creche. O que sei é que o município de Maceió não fez este procedimento”, revela.

Gazeta de AL

Postar um comentário

0 Comentários