CONDUTOR QUE TEVE SUA MOTO APREENDIDA PELA SMTT QUESTIONA PROCEDIMENTO E VALOR PAGO DE $150 PELA TAXA DE GUINCHO

Imagem/Ilustrativa
            
Um Condutor que se identificou pelo nome de ”Aldenir” no programa Tribuna Popular na Rádio Correio Fm na última quinta-feira, (27), questionou o valor cobrado pela SMTT referente a taxa de guincho de sua moto.




Segundo denúncia do condutor, os procedimentos adotados pela SMTT de Delmiro Gouveia, bem como a taxa de guincho para “moto” de $150 reais está fora dos padrões e em desacordo até mesmo valores cobrados na capital Maceió.

Também questionou sobre em qual lei se baseia a instituição para cobrar tais valores, bem como a nota de balcão emitida pelo guincho, haja vista a apreensão ser diretamente do órgão de trânsito e não pela empresa do guincho.


Para liberação do veículo deve ser paga a taxa do guincho responsável pelo transporte do local de apreensão até a SMTT, demais taxas como por exemplo diária em que o veiculo permanece no pátio etc, contudo o condutor ressalta que do centro da cidade até o órgão, a distância fica em torno de 2 km bem como o peso da moto não justifica tal valor.

O âncora do programa jornalístico ouviu atentamente a denúncia do ouvinte, em seguida se prontificou a procurar esclarecimentos junto ao órgão para que toda a população ficasse ciente dos trâmites legais sobre o convênio da SMTT com a empresa de guincho e demais dúvidas.

Após entrada ao vivo no programa do superintendente dando explicações sobre a ocorrência, e não contemplando o questionamento sobre o fato denunciado, o âncora do programa se disse insatisfeito com os esclarecimentos do superintendente: “ confesso que não houve nesse caso uma explicação sobre o valor cobrado nem como esse valor é cobrado, baseado em que? Me perdoe Pitágoras, mas ficou sem explicação isso aqui. Por que 150 reais, baseado em que? Calculado como? Disse o âncora que aguarda uma nova explicação.

A reportagem do Bvl News manteve contato com a Assessoria de Imprensa do município que  explicou o seguinte: O guincho é de inteira responsabilidade do proprietário do veículo, o município não se envolve com essa parte, quanto a tabela o município apresentou uma tabela estipulando o valor de $120 reais e eles se comprometeram em cobrar o valor estipulado.


Por: Redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As Mais acessadas da semana (Verdade Livre)