GOVERNO TIRA DAS RUAS 12 PMS ENVOLVIDOS NA AÇÃO EM MILAGRES-CE


                                                                Ataque em bancos - Milagres - Ceará
Reprodução/Facebook

Secretaria da Segurança diz que policiais vão atuar administrativamente até o fim das investigações do caso que terminou com 14 mortos


O Governo do Ceará afastou das ruas os 12 policiais militares do Batalhão de Choque envolvidos no ataque que terminou com oito supostos assaltantes de bancos e seis reféns mortos no município de Milagres (cerca de 500 km de Fortaleza), na última sexta-feira (7).

Segundo a SSPDS-CE (Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará), os policiais envolvidos na ação vão realizar trabalhos administrativos até a conclusão das investigações sobre as mortes.

Além da Polícia Militar cearense e da Coin (Coordenadoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Ceará), núcleos de inteligências de polícias dos Estados de Sergipe, Alagoas, Bahia participaram da ação.

Os policiais, na tentativa de interceptar o roubo a dois bancos no município, trocou tiros com os suspeitos, resultando em 14 mortes e oito prisões. Cinco das vítimas, pertenciam à mesma família.

Segundo a Secretaria de Segurança, 40 profissionais da Polícia Civil e da Pefoce (Perícia Forense do Estado do Ceará) estão trabalhando na investigação e perícia.

 A pasta ainda afirma que a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário do Estado abriu investigação preliminar para apurar os fatos e a Coordenadoria Especial de Políticas Públicas dos Direitos Humanos está em contato com as famílias.


Por:R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As Mais acessadas da semana (Verdade Livre)