POLÊMICA: APÓS AÇÃO DE FISCALIZAÇÃO EM ESTABELECIMENTO COMERCIAL PARA MEDIR DECIBÉIS PROPRIETÁRIO REVOLTADO DIZ: ”FOI INVASÃO E ISSO NÃO SE FAZ COM NINGUÉM”

Imagem/ internet


Na noite da última sexta-feira (11), em Delmiro Gouveia, Alto Sertão de Alagoas, após uma operação integrada composta por agentes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), da Polícia Militar (PM), Meio Ambiente e Guarda Municipal, coordenada pelo MP, no Candeeiro Bar, situado no Centro da cidade, o proprietário Dr. Petrucio Bandeira divulga em redes sociais comentários repudiando a megaoperação em seu estabelecimento.


“Os agentes se excederam na abordagem. “Foi uma forma truculenta como invadiram o Candeeiro, não por ser de propriedade minha, mas pelo simples fato de parecer que lá houvesse algum bandido”, diz.

Segundo relato do empresário, em redes sociais os órgãos foram ao local para medir a quantidade decibéis que estava sendo utilizada no som do estabelecimento. Todos os fins de semana a casa noturna oferece som ao vivo para os clientes, e no momento da ação, se apresentava a dupla delmirense Lissinho e Bruno.

 O empresário divulgou ainda, que a sua indignação foi sobre a forma utilizada pelos órgãos para realizar a ação: “Justifica você utilizar quatro carros e até à Polícia? Isso é condenável e de uma falta de respeito enorme”, conclui o empresário.

Segundo informou o site Guia Mais, o empresário Petrucio Bandeira disse ainda que a ação foi desnecessária e que a situação poderia ser evitada. “ Erraram e feio. O povo de Delmiro é trabalhador, descente e não merece passar por isso”, acrescenta.

Local onde ocorreu a ação - Foto: Divulgação

Por Redação/ com informações Guia mais



Nenhum comentário:

Postar um comentário

As Mais acessadas da semana (Verdade Livre)