SUSPEITOS EXPLODEM PONTE E PÕEM FOGO EM ÔNIBUS PELO 7º DIA NO CEARÁ


          Ônibus incendiado em frente ao residencial Alameda das Palmeiras, em Fortaleza

João Dijorge/Photopress/Estadão 

Em meio à onda de ataques, Prefeitura de Fortaleza avalia necessidade de modificar circulação de ônibus pela capital



Em meio a uma onda da ataques que já chega ao sétimo dia consecutivo no estado do Ceará, suspeitos incendiaram mais ônibus e explodiram uma ponte na noite da segunda-feira (7) em pelo menos quatro municípios. Ocorrências foram registradas em Acarati, Ancuri, Fortaleza e Maranguape.

Em Fortaleza, dois ônibus foram queimados no início da noite da terça-feira. Um deles em frente a um conjunto residencial no bairro de Ancuri e outro no Parque Itamary, bairro de Messejana, na zona sudeste de Fortaleza. A prefeitura informou que na manhã desta terça-feira (8), 90% da frota circulava normalmente.

 Há também o registro de uma explosão em uma ponte no municipio de Caucaia, a 18 quilômetros da capital. A estrutura onde ocorreu a explosão está localizada próxima a uma comunidade indígena.

De acordo com a Prefeitura de Fortaleza, na quarta-feira (9) será realizada uma reunião da gestão municipal para avaliar a necessidade de mudanças na circulação dos ônibus. As ocorrências foram registradas, segundo o órgão, principalmente em veículos que fazem o transporte nas chamadas "linhas alimentadoras", que deixam os passageiros nas linhas troncos, as principais da cidade.

A prefeitura informou também que os veículos estão fazem as viagens em comboio e escoltados por policiais. A reunião deve definir se um plano de contingência será ou não adotado para garantir o funcionamento dos serviços públicos na capital. Não há informação de pessoas feridas.

Na cidade de Maranguape, a 25 quilômetros de Fortaleza, um microonibus expresso também foi queimado no bairro Novo Maranguapé na noite desta terça, às 19h40. O veículo faz o percurso entre Tabatinga e Pau Serrado. Há suspeitas de que um ônibus escolar da prefeitura também teria sido incendiado.

Por: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As Mais acessadas da semana (Verdade Livre)