VÍDEO MOSTRA POLICIAIS AGREDINDO CASAL DE CARROCEIROS NA ZONA OESTE DE SP; PMS SÃO AFASTADOS

Foto/Reprodução
 PM informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que houve 'flagrante descumprimento dos protocolos'. Testemunha disse que cliente de supermercado acionou a polícia.



Um vídeo que circula em redes sociais mostra um casal de carroceiros sendo agredido por dois policiais militares na Rua Tripoli, na Vila Leopoldina, Zona Oeste de São Paulo.

 A Polícia Militar informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que eles foram afastados dos cargos e que houve "flagrante descumprimento dos protocolos" (leia mais abaixo).

 Na gravação é possível ver os policiais dando socos e chutando o carroceiro. A mulher também foi agredida com chutes e empurrada enquanto os policiais tentavam imobilizar o carroceiro.

Uma testemunha que prefere não se identificar contou que o carroceiro Marcelo Partes Bueno deixou a carroça na rampa do estacionamento do supermercado Dia, enquanto fazia compras no local.

Uma cliente que chegava para estacionar pediu para que Marcelo tirasse a carroça da rampa, ele puxou a carroça e deixou atrás do carro da cliente. Antes de entrar no supermercado, ainda de acordo com a testemunha, a mulher prometeu dar uma quantia em dinheiro para o casal. Quando voltou, não deu o dinheiro aos carroceiros, segundo a testemunha, e pediu para que retirassem a carroça, o que foi negado.

Com isso, ela acionou a polícia. Em nota, a PM informou que os policiais que participaram da ação foram afastados até a conclusão da investigação.

 “A Polícia Militar esclarece que a ocorrência divulgada por um vídeo que circulou em redes sociais está sendo apurada pela Corregedoria por meio de Inquérito Policial Militar. Os policiais que participaram da ação foram afastados do serviço operacional até a conclusão das apurações".

"Preliminarmente, a ação policial se deu após o acionamento da patrulha por pessoas que se queixavam de indivíduo desequilibrado, causando desordem na região. Durante a tentativa de abordagem, houve resistência e uso de força, contudo a ação sugere flagrante descumprimento dos protocolos operacionais padrão de abordagem, o que motivou o imediato afastamento e instauração dos procedimentos legais de apuração."

Os policiais militares registraram um Boletim de Ocorrência contra o carroceiro. No sábado, depois da confusão, ele foi preso em flagrante e vai responder por extorsão, resistência à prisão e desacato à autoridade.

No domingo (16), o carroceiro foi liberado após passar pela audiência de custódia.



Por:G1/Vídeo: Youtube


Nenhum comentário:

Postar um comentário

As Mais acessadas da semana (Verdade Livre)