'SÍNDROME DO CORAÇÃO PARTIDO': DEPOIS DE 72 ANOS JUNTOS, MARIDO E MULHER MORREM NO MESMO DIA COM DIFERENÇA DE 12 HORAS



A notícia da morte do marido fez com que a viúva não aguentasse o stress. Os dois deixam 50 descendentes


Uma história chamou a atenção nos Estados Unidos na última semana. Herbert DeLaigle, de 94 anos, e Marilyn Frances, de 88 anos, morreram com apenas 12 horas de diferença após 71 anos de casamento. As informações são da CNN.

O casal deixa seis filhos, 16 netos, 25 bisnetos e três tataranetos. DeLaigle, militar que serviu o exército americano na Segunda Guerra Mundial, no Vietnã e na Coreia, conheceu Marilyn há 72 anos, quando a chamou para ir ao cinema. No encontro seguinte, ele a pediu em casamento.

Quando alguém morre horas depois do companheiro ou de algum membro da família, a segunda morte geralmente é atribuída ao coração partido, um choque de estresse emocional que afeta o coração e causa um ataque cardíaco.

“A Síndrome do Coração Partido é, de fato, uma coisa real. Acontece quando alguém descobre uma notícia chocando, geralmente notícias terríveis, e tem uma massiva dispersão de hormônios do estresse para a corrente sanguínea, que os leva ao coração”, disse o médico Matthew Lorber, para a CNN.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

As Mais acessadas da semana (Verdade Livre)