no-style


AUXÍLIO EMERGENCIAL: DINHEIRO QUE NÃO FOR SACADO DA CONTA DIGITAL DA CAIXA EM 90 DIAS VOLTARÁ PARA O GOVERNO

Imagem/Internete

Pagamento só vai retornar automaticamente em 90 dias para quem recebeu o auxílio por meio da Poupança Social Digital da Caixa.



O Auxílio Emergencial pago por meio da Poupança Social Digital que não for sacado em 90 dias voltará para os cofres do governo federal, informa o Ministério da Cidadania.

O retorno automático só vale para os benefícios que foram depositados na poupança digital da Caixa. Para não perder o auxílio, os beneficiários podem usar, sacar ou transferir o dinheiro para outras contas.

"Se não utilizar em 90 dias, o valor será devolvido. [...] Em até 90 dias, ou a pessoa utiliza ou transfere para outra conta, nesse intervalo fica na conta à disposição do usuário", disse o presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, em coletiva de imprensa na quarta-feira (6).

A conta poupança social da Caixa permite pagamento de boletos e realização de até três transferências por mês, sem custo, para contas de qualquer banco.

Já na coletiva desta quinta (7), Guimarães disse que o calendário de pagamento das próximas parcelas do Auxílio está "praticamente fechado" com o Ministério da Cidadania. Após esse acerto, o cronograma precisa da aprovação do presidente Jair Bolsonaro.


Calendário de pagamento

São três calendários de pagamento diferentes:

1-    um para quem se inscreveu para receber o Auxílio Emergencial através do aplicativo ou do site do programa;

2-    um segundo para os beneficiários que recebem o Bolsa Família;
3-    e um terceiro para os inscritos no Cadastro Único que não recebem o Bolsa Família e mulheres chefes de família.

Para quem for receber via poupança digital da Caixa, os saques em dinheiro começaram a ser liberados na segunda (veja o calendário de saques em dinheiro AQUI:


Por:G1

Postar um comentário

0 Comentários