no-style


BOLSONARO RECLAMA DE DERRUBADA DE VETO NO SENADO: 'É IMPOSSÍVEL GOVERNAR'

Foto/Reprodução G1

Presidente diz que se estados e municípios puderem dar reajustes, prejuízo será de R$ 120 bilhões

 O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) reclamou, em conversa com apoiadores nesta quinta-feira (20/8), que a derrubada do veto que proibia reajuste a servidores causará "um prejuízo de R$ 120 bilhões ao Brasil". O assunto ainda precisa passar pela Câmara dos Deputados, que pode optar por derrubar ou manter o veto.

 Durante a negociação de repasses federais aos estados e municípios, o congelamento de reajustes até dezembro de 2021 foi uma contrapartida exigida pelo governo para o pacote de socorro de R$ 60 bilhões.

 "Ontem [quarta-feira], o Senado derrubou um veto que vai dar um prejuízo de R$ 120 bilhões pro Brasil. Então, eu não posso governar um país, se esse veto for mantido na Câmara, é impossível governar o Brasil, é impossível, tá certo? Não é só minha, é de todo mundo a responsabilidade de ajudar o Brasil a sair do buraco", comentou Bolsonaro.

 A derrubada do veto também foi alvo de críticas pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. "Colocamos muito recurso na crise da saúde, e o Senado deu um sinal muito ruim permitindo que justamente recursos que foram para a crise da saúde possam se transformar em aumento de salário. Isso é um péssimo sinal. Temos que torcer para a Câmara conseguir segurar a situação.", afirmou.


Por: Metrópole 

Postar um comentário

0 Comentários