APÓS REPERCUSSÃO NEGATIVA SOBRE AUMENTO SALARIAL PARA PREFEITO, VICE, SECRETÁRIOS E ADJUNTOS DELMIRENSES SE REVOLTAM E ESPERAM QUE PREFEITA ZIANE COSTA VETE PROJETO

Foto/Internete

A prefeita eleita Ziane Costa vai iniciar em 1° de janeiro já com uma polêmica que inclusive pode comprometer a grande aceitação do seu mandato


A Câmara de Vereadores de Delmiro Gouveia aprovou na última quinta-feira, 24 de dezembro, o Projeto de Lei nº 009/2020, que aumenta em mais de 50% o salário do prefeito, vice-prefeito, secretários e adjuntos. O “presentinho de natal” que os vereadores ofertaram para a nova gestão vem tendo repercussão negativa e tem revoltado os delmirenses

A revolta é geral por parte dos funcionários públicos que vem sofrendo com salários defasados e com o grande descaso.

Sabemos que sete vereadores 24 horas após vitória da prefeita Ziane Costa, declararam apoio a sua gestão, a população  questiona  sobre a postura de todos os  vereadores, inclusive dos que não conseguiram reeleição e se mantém calados diante da polêmica gerada após votação onde o prefeito passará a receber R$ 25.000,00; vice-prefeito R$ 17.000,00; secretários R$ 10.000,00 e adjunto R$ 7.500,00.

Nas redes sociais os comentários não deixam dúvidas sobre a revolta da população.

“Em tempos de ajuste da máquina pública esse aumento é certamente uma imoralidade e uma falta de respeito com a sociedade, principalmente com os servidores públicos que tem reajustes anuais vergonhosos” Disse um  internauta 

No último reajuste concedido no ano de 2012, o prefeito passou a receber R$ 15.000,00; o vice-prefeito R$ 10.000,00; secretários R$ 5.000,00 e adjuntos R$ 3.500,00.

O Projeto pode ser vetado, caso a nova prefeita Ziane Costa não aceite o aumento e os delmirenses aguardam com ansiedade o posicionamento da prefeita.

 

Redação Verdade Livre


Postar um comentário

0 Comentários