PELA SEGUNDA VEZ, PASTORES EVANGÉLICOS SÃO PRESOS SUSPEITOS DE CULTIVAR MACONHA

Suspeitos foram conduzidos para a Central de Flagrantes I

FOTO: ASCOM/PC

Com pai e filho, foram apreendidos vários pés e mudas da mesma droga; outra pessoa também foi presa


Dois pastores de uma igreja evangélica e outra pessoa foram presos, nessa segunda-feira (4), no Benedito Bentes, parte alta da capital, suspeitos de plantar e cultivar maconha em uma área de mata situada no mesmo bairro.

Os suspeitos são pai e filho, e esta é a segunda vez que eles são detidos pelo mesmo crime. A primeira vez em que foram presos foi no ano de 2018.

A prisão nessa segunda aconteceu após uma denúncia anônima. Guarnições do 5° Batalhão de Polícia Militar (5° BPM), durante patrulhamento, receberam a informação de um possível tráfico de drogas naquela região.

Ao chegarem ao local informado, os militares constataram o fato. Foram apreendidos, com a dupla, vários pés de maconha e mudas da mesma droga.

Na abordagem, também foi presa uma pessoa que atuava juntamente com os pastores.

Diante do fato, os suspeitos foram conduzidos para a Central de Flagrantes I, no Farol, para a realização dos procedimentos cabíveis.


Fonte: Gazetaweb

Postar um comentário

0 Comentários