DOIS BEBÊS E MAIS 18 PESSOAS MORREM VÍTIMAS DA COVID-19 EM ALAGOAS

 


Crianças tinham 2 e 9 meses e residiam no interior do Estado; boletim desta quarta trouxe 516 novos casos da doença em Alagoas

 

Alagoas registrou 516 novos casos e mais 20 mortes por Covid-19 em 24 horas, conforme Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Dessa forma, o estado tem um total de 5.340 óbitos e 216.717 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 3.447 estão em isolamento domiciliar. Outros 207.278 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 12.120 casos em investigação epidemiológica. Entre as vítimas, estão dois bebês que residiam no interior de Alagoas.

 Das 20 mortes confirmadas no boletim desta quarta, três vítimas da capital alagoana e 17 do interior do Estado. As vítimas de Maceió eram três homens de 41, 50 e 61 anos. O homem de 41 anos era obeso, hipertenso e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; o homem de 50 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; e o homem de 61 anos era diabético, hipertenso, obeso e morreu na Santa Casa, em Maceió.

Em relação às 17 vítimas que residiam no interior do Estado, eram 12 homens, sendo um bebê de 9 meses, um de 30, 33, 35, 47, 52, 55, 63, 72, 74 e dois de 83 anos, além de cinco mulheres, sendo um bebê de dois meses, um de 51, 74, 75 e 82 anos.

 

O bebê do sexo masculino de nove meses era de Paulo Jacinto, não tinha comorbidade e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; o homem de 30 anos era de Campo Alegre, tinha obesidade e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; o homem de 33 anos residia em Arapiraca, era obeso, hipertenso e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; o homem de 35 anos residia em Rio Largo, era diabético, hipertenso e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 47 anos morava em Palmeira dos Índios, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Regional Santa Rita, em Palmeira dos Índios; o homem de 52 anos residia em Arapiraca, era hipertenso e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; o homem de 55 anos morava em Arapiraca, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Chama, em Arapiraca; o homem de 63 anos residia em São Miguel dos Campos, tinha diabetes e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; o homem de 72 anos residia em Água Branca, era diabético e morreu no Hospital Chama, em Arapiraca; o homem de 74 anos morava em Girau do Ponciano, tinha doença cardiovascular crônica e morreu na Santa Casa, em São Miguel dos Campos; o primeiro homem de 83 anos morava em Girau do Ponciano, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Chama, em Arapiraca; o segundo homem de 83 anos morava no Pilar, tinha hipertensão, aneurisma e morreu no Hospital Municipal, em Pilar; o bebê do sexo feminino de dois meses residia em Passo do Camaragibe, era prematuro e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; a mulher de 51 anos morava em Monteirópolis, tinha doença cardiovascular crônica, doença neurológica crônica e morreu no Hospital Regional da Mata (HRM), em União dos Palmares; a mulher de 74 anos morava em Arapiraca, tinha hipertensão, diabetes, era ex-tabagista e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; a mulher de 75 anos residia em São Miguel dos Campos, tinha doença cardíaca crônica e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; e a mulher de 82 anos residia em Rio Largo, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Regional da Mata (HRM), em União dos Palmares.

Os casos confirmados de pessoas com a Covid-19 estão distribuídos nos 102 municípios alagoanos. Em relação ao quadro total de óbitos em Alagoas, estão confirmados 5.340 óbitos por Covid-19, mas, oito deles, eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres. Dos 5.332 óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 2.974 eram do sexo masculino e 2.358 do sexo feminino.Eram 2.338 pessoas que residiam em Maceió e as outras 2.994 moravam no interior do Estado, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesau.

 

Leitos de Covid-19 do Estado


Dos 1.488 leitos criados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus, 703 estavam ocupados até às 16 horas da terça-feira (29/6), o que corresponde a 47% do total. Atualmente, 293 pacientes estão em leitos de UTI, 24 ocupando leitos intermediários e 386 em leitos de enfermaria. Para acompanhar a evolução da ocupação dos leitos exclusivos para Covid-19, acesse http://http://www.alagoascontraocoronavirus.al.gov.br/



Jamylle Bezerra, com Assessoria



Postar um comentário

0 Comentários