ESTUDANTE DE MEDICINA MATA OS PAIS, COMETE SUICÍDIO E DEIXA MENSAGENS MACABRAS

reprodução/policia civil- ES

No imóvel, foram encontradas uma série de mensagens escritas em páginas de uma Bíblia e nas paredes


Guilherme Heringer Cesar, de 22 anos, estudante de medicina, é suspeito de ter feito um ritual e, em seguida, matado os pais em Vila Velha, na região metropolitana de Vitória, Espírito Santo, e suicidado.

Os corpos dele, do pai, médico urologista e pastor evangélico Paulo Oliveira Cesar, de 68 anos, e da mãe, Raquel Hering Cesar, de 61 anos, foram encontrados na residência da família na madrugada desta quarta-feira (4).

Relatos publicados pelo jornal local “Tribuna de Vitória” informam que o jovem tentou ligar para um parente pouco depois de ter cometido os assassinatos. Na conversa, ele teria afirmado que havia “feito uma bobagem”. Em seguida, Guilherme tirou a própria vida.

Policiais periciaram o apartamento por mais de 2 horas. No imóvel, foram encontradas uma série de mensagens escritas em páginas de uma Bíblia, em paredes e portas, todas em vermelho.

No livro “Apocalipse”, havia a frase: “ele me obrigou”. Em paredes, foram marcados o número “666” e frases que insinuam o ritual.



 “Festejai ó céus, o diabo desceu até vós, pouco tempo lhes resto”, diz uma delas, próximo a um crucifixo, em uma das paredes da residência. A Polícia Militar confirmou que as imagens foram feitas dentro do apartamento.

O Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa da Polícia Civil investiga o ocorrido.

Em nota, a entidade informou que "o caso foi registrado como duplo homicídio com uso de arma branca” e confirmou que “o suspeito do duplo homicídio, filho do casal, cometeu suicídio logo após o crime”.“A arma utilizada no crime foi apreendida e será encaminhada à perícia”, conclui o texto.

Os corpos foram encaminhados ao Departamento Médico Legal de Vitória (DML) para exames de praxe e, em breve, liberação à família.

 

o Tempo

Postar um comentário

0 Comentários