VÍTIMAS DE DUPLO HOMICÍDIO EM PAULO AFONSO ERAM PRIMOS E RETORNAVAM DE UM CURSO QUANDO FORAM MORTOS, DIZ DELEGADO


 

O delegado titular da Delegacia de Polícia Civil de Paulo Afonso, Leon Nikias, confirmou o duplo homicídio ocorrido na manhã deste domingo (5), na Rua Santa Rita, no Bairro Tancredo Neves.

 

De acordo com o Boletim de Ocorrência, os dois homens mortos eram primos e foram identificados pelos nomes de Eduardo Henrique Lima da Paixão (28 anos) e Cristiano Feitosa da Silva, ambos residiam no Conjunto Habitacional Sargento Jaime, no Bairro Tancredo Neves 3.

De acordo com o delegado, no momento do crime as vítimas estavam retornando de um curso: “As vítimas moravam no Sargento Jaime, eles eram familiares, eram primos e estavam voltando de um curso que eles estavam fazendo, pelo que a gente levantou até o momento, e foram abordados por esses indivíduos que efetuaram disparos de pistola neles. Não tiveram tempo de reagir, foi muito rápido”, contou o agente público.

Ainda segundo Leon Nikias, não apenas um, mas os dois seriam alvos dos assassinos: “Aparentemente (a ação) foi para tirar a vida dos dois porque tiveram muitos disparos nos dois indivíduos, pelo que a gente viu no local realmente o caso foi para fazer o homicídio contra os dois.”

Delegado titular da Polícia Civil em Paulo Afonso, Bahia, Leon Nikias. Foto: Divulgação.

O delegado disse ainda que os primos possuíam antecedentes criminais: “Aparentemente, as vítimas já teriam passagens pelo presídio e pela delegacia, mas independentemente disso nós vamos botar todo aparato para funcionar para dar uma resposta a sociedade, da mesma forma que ocorreu na sexta-feira, que foi com o caso de Deca do Ouro que foi um caso bem relevante que a gente conseguiu prender no mesmo dia, dois indivíduos que praticaram (o crime). E nesse caso, vai ser da mesma forma, a gente já tá correndo atrás, toda equipe junto com a (Delegacia) Regional.

Leon Nikias também afirmou que já existe indício da motivação do duplo homicídio e que os assassinos serão identificados.

“Os indivíduos (autores) serão identificados. Já temos um indício da motivação e do que teria ocorrido na hora do fato, então é isso, não posso dar mais informação para não prejudicar as investigações, mas a população tem que saber que a polícia está trabalhando. A Polícia Civil está trabalhando juntamente com a Polícia Militar para dar essa resposta o mais rapidamente possível.”



Por;PA4

Postar um comentário

0 Comentários