SUPERMERCADO NA PARTE ALTA DE MACEIÓ É AUTUADO PELA 3ª VEZ POR FURTO DE ENERGIA

 

Duas pessoas foram conduzidas até a delegacia em operação desencadeada nesta quinta-feira (17) pela SSP/AL com o apoio da Equatorial | Foto: Ascom Equatorial

 

Nesta quinta-feira (17), a Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL) por meio do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGD) com o apoio da Equatorial Alagoas, desencadeou a operação “SupermarCAT III”. Durante a ação, um supermercado localizado no bairro do Eustáquio Gomes foi autuado pela terceira vez, em menos de um ano, por furto de energia elétrica através do desvio de cargas do estabelecimento comercial.

 

Segundo informações repassadas pela equipe de inspeção da Distribuidora, que atuou junto à Polícia Militar na operação, o local já havia sido autuado por desvio de energia no mês de junho de 2021 e doze dias após esta autuação, o consumidor voltou a praticar irregularidades.

Desta vez, ao invés de intervir nos pontos de entrega de energia da unidade consumidora, o cliente implantou um desvio e uma rede de baixa tensão, sem conhecimento e autorização da Equatorial, da qual estava fazendo o uso da energia sem por ela pagar. Dois funcionários do local foram conduzidos à Central de Flagrantes para os trâmites legais junto a Polícia Civil. O responsável pelo supermercado responderá pelo crime de furto de energia.

A operação também contou com o uso de ferramentas tecnológicas avançadas, que contribuíram com o trabalho das equipes onde foi possível identificar de forma assertiva, data e o horário, em que o desvio foi realizado. Com o ato ilícito, a conta do supermercado reduziu mais de R$ 7 mil no mês de fevereiro.

Integração e combate a perdas - A Equatorial em conjunto com a Secretária de Segurança já realizou só este ano quatro ações de combate ao furto de energia elétrica em estabelecimentos comerciais grandes. No ano passado, foram dez flagrantes efetuados só em clientes atendidos em alta tensão.

O superintendente operacional da Equatorial Alagoas, Sérgio Valinho, agradeceu a atuação da Secretaria de Segurança Pública e da Polícia Militar durante todas as ações que já foram realizadas de forma integrada, ressaltando que a empresa está investindo no uso de tecnologia avançada para auxiliar o trabalho das equipes de campo que realizam diariamente as inspeções.

“Estas novas tecnologias estão sendo utilizadas na identificação de fraudes tanto de clientes residenciais como também de grandes consumidores comerciais e industriais. Vamos continuar trabalhando de forma conjunta, para coibir cada vez mais esse tipo de crime que acaba trazendo prejuízos para a população, para a empresa e para o estado”, explicou o superintende.

O furto de energia elétrica, conhecido também como “gato” e o ato de fraudar medidores, classificado como estelionato, são crimes previstos nos artigos 155 e 171 do Código Penal Brasileiro. Por isso, a importância do combate e inibição dessas práticas para manter a qualidade da energia elétrica distribuída aos alagoanos, sem que haja prejuízo, como oscilações e possíveis interrupções aos clientes em situação regular, além de ocasionar diversas consequências para a empresa e para o estado.


Ascom Equatorial

Postar um comentário

0 Comentários