PM REGISTROU TRÊS CASOS DE VIOLÊNCIA CONTRA MULHER EM PALMEIRA DOS ÍNDIOS, NA ÚLTIMA SEGUNDA

Cidade de Palmeira dos Índios - Foto: Reprodução

O Centro de Operações do 10º Batalhão da Polícia Militar (Copom) registrou na última segunda-feira, 18, três casos de violência contra a mulher na cidade de Palmeira dos Índios, no Agreste de Alagoas.

 

Por volta das 17h, na comunidade Vila Maria, uma mulher acionou a polícia e informou que havia discutido com o marido. Durante a discussão, o homem teria tentado esfaquear a vítima, que conseguiu gritar por socorro. O suspeito fugiu do local, tomando destino ignorado.

Em outro momento, a PM foi acionada por uma mulher que havia sido agredida e ameaçada pelo companheiro desde o dia anterior. A PM constatou que a porta da casa da vítima estava com os vidros quebrados e ela informou que teria sido danificada pelo marido.

A mulher não soube informar os dados do companheiro e afirmou que iria passar a noite na casa da filha, na Aldeia Fazenda Canto, área rural de Palmeira dos Índios.

O terceiro caso de violência contra a mulher foi registrado por volta das 22h, quando, durante rondas, a guarnição da Rocam encontrou uma mulher caída no chão, com várias lesões aparentes e sangramento no rosto. A vítima, de 41 anos, informou que havia sido espancada pelo marido, um homem de 46 anos que fugiu do local.

A mulher foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, onde ela recebeu atendimento médico.

Apesar das rondas dos agentes do 10º BPM, nenhum dos suspeitos de violência contra a mulher foi localizado e preso.


Já é Notícia



Postar um comentário

0 Comentários