CANTOR SERTANEJO ALAGOANO É CONDENADO A 28 ANOS DE PRISÃO POR ESTUPRAR ENTEADA

Cantor Preso/ Foto: Reproduão

 
Na tarde desta quarta-feira (25), o Tribunal de Justiça de Alagoas confirmou a prisão do cantor sertanejo Rodolfo, preso em dezembro do ano passado e acusado de praticar estupro de vulnerável contra a própria enteada, uma adolescente de 14 anos, foi condenado a 28 anos, 5 meses e 6 dias de reclusão pelo crime de estupro de vulnerável enquanto a vítima tinha entre 4 e 13 anos.

 

A decisão do juiz Ygor Vieira de Figueirêdo, da 14ª Vara Criminal da Capital - Crime contra Menor, Idoso, Deficiente e Vulnerável, foi publicada hoje. Como o processo ocorre em sigilo de Justiça, não foram repassados mais detalhes sobre o julgamento.

Rodolfo está preso desde o dia 17 de dezembro de 2021, quando foi denunciado pela mãe da adolescente. Ele foi detido por policiais da Delegacia de Crimes Contra a Criança e o Adolescente (DCCCA) em casa, no bairro do Benedito Bentes, na parte alta de Maceió.

A mãe dela afirmou que o abuso era praticado desde quando a menina tinha quatro anos de idade, mas só tomou conhecimento após a menina emagrecer depois de uma dieta rígida, o que teria sido uma forma de chamar a atenção.

Rodolfo tem mais de 10 anos de carreira e fazia dupla sertaneja com Hugo. Os dois ganharam destaque no cenário musical de Alagoas, onde cantaram em diversas casas de shows, bares e restaurantes, além de também se apresentarem em outros estados do Nordeste.


Já é Notícia

 

Postar um comentário

0 Comentários