CASAL É PRESO POR ESTUPRO DE BEBÊ DE 11 MESES QUE MORREU APÓS SÉRIE DE AGRESSÕES SEXUAIS EM MARECHAL DEODORO

 

O bebê foi encaminhado à UPA do Francês, mas não resistiu aos ferimentos - Foto: Reprodução

A mãe da criança confirmou que sabia do crime, mas que era ameaçada de morte pelo marido


Um homem e uma mulher foram presos em flagrante nesse sábado (21), na praia do Francês, em Marechal Deodoro, acusados de estupro contra o próprio filho, um bebê de apenas 11 anos, que morreu após uma série de agressões sexuais cometidas pelo pai.

De acordo com o relatório diário da Segurança Pública, a criança foi levada a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Francês pelos próprios pais, mas já chegou ao local sem vida.

No local, foram constatados lesões no ânus do bebê, após exames que foram solicitados pela guarnição da 5ª Companhia Independente de Marechal Deodoro.

Em depoimento à polícia, a mãe confessou que sabia das agressões e que chegou a presenciar o pai da criança, seu marido, estuprando a vítima com objetos, como uma escova, e também com as mãos.

Indagada sobre o motivo de não ter denunciado o criminoso, a mãe relatou ser constantemente ameaçada de morte. Segundo ela, o agressor se trancava no quarto com a criança para a prática da violência contra o bebê.

A mãe relatou ainda que ela mesmo limpava o sangue e trocava a fralda do filho após as sessões de estupro.

Pai e mãe foram autuados em flagrante por estupro de vulnerável seguido de morte.


7 segundos

 

Postar um comentário

0 Comentários