ALAGOAS INVESTIGA QUATRO CASOS SUSPEITOS DE VARÍOLA DOS MACACOS

Varíola dos macacos - Foto: Reprodução



Pacientes são dois homens, uma mulher e uma criança e estão em isolamento

 

A Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas está investigando quatro casos suspeitos de varíola dos macacos (monkeypox) em Alagoas. Os pacientes deram entrada no Hospital Escola Dr. Helvio Auto esta semana.

A informação foi divulgada nesta sexta-feira, 29. Os quatro pacientes são dois homens, uma criança, do sexo masculino, e uma mulher, que apresentaram sintomatologia suspeita, porém, até o momento nenhum caso foi confirmado.

Os pacientes foram orientados a ficar em isolamento domiciliar enquanto aguardam os resultados dos exames.

A varíola dos macacos é transmitida de uma pessoa para outra por contato próximo com lesões, fluidos corporais, gotículas respiratórias e materiais contaminados, como roupas de cama.

Geralmente, a cura da doença ocorre com o tempo e os sintomas costumam durar de duas a quatro semanas. Casos graves podem ocorrer, mas a varíola dos macacos é bem menos letal que a varíola humana, erradicada em 1980.

Os sintomas da varíola dos macacos são: Febre; Dor de cabeça forte; Inchaço nos linfonodos (conhecido popularmente como "íngua"); Dor nas costas; Dores musculares; Falta de energia intensa.


Já é Notícia

Postar um comentário

0 Comentários