ESPOSA DE EX-JOGADOR DO CORINTHIANS VAI A VELÓRIO DO MARIDO, PASSA MAL E MORRE COM 24 HORAS DE DIFERENÇA


 

Ademir Gonçalves morreu após sofrer uma parada cardíaca e Elisabete sofreu mal-estar no velório e também morreu


Campeão paulista pelo Corinthians em 1977 e ídolo de vários clubes, o ex-zagueiro Ademir Gonçalves morreu aos 75 anos na noite de sexta-feira, 22, na cidade de Santa Bárbara d'Oeste (SP), em razão de uma parada cardíaca. Elisabete Aparecida Bagnoli Gonçalves, viúva do ex-jogador, sofreu um mal-estar durante o velório e acabou falecendo um dia depois do marido. Ademir Gonçalves, ex-jogador do Corinthians, e sua esposa Elisabete morreram com 24 horas de diferença

Elisabete chegou a ser socorrida durante o velório de Ademir, mas não resistiu. A neta do casal, Fernanda Bagnoli Araújo publicou, em seu instagram, a informação da morte de Elisabete Aparecida.

No final de carreira, ele ainda fez algumas partidas pelo União Barbarense até encerrar a carreira e continuar residindo em Santa Bárbara d'Oeste, onde trabalhou como comerciante e também na imprensa, atuando como comentarista esportivo.


Redação * com informações Itatiaia


Postar um comentário

0 Comentários