no-style


EXAME EM IDOSO MORTO EM AL COM SUSPEITA DA COVID-19 DEU NEGATIVO PARA A DOENÇA

Foto?Reprodução TV Globo
Resultado do teste foi divulgado hoje pela Sesau; óbito foi registrado na última segunda, em Maceió 

O teste realizado no idoso de 63 anos que morreu no Hospital Unimed, em Maceió, na última segunda-feira (23), deu negativo para o coronavírus. O resultado do exame foi divulgado na tarde desta quarta-feira (25), pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). 
O homem, que apresentava todos os sintomas da doença e havia tido contato com turistas em uma pousada, ficou quatro dias internado no hospital. Como o resultado do exame não havia saído antes dele morrer, a causa da morte que constava no atestado de óbito era a Covid-19. 
Em entrevista à Gazetaweb, o médico responsável pelo paciente informou que atestou se tratar do coronavírus na certidão para que a família adotasse os procedimentos necessários para sepultamento, tendo em vista o alto contágio da doença. Apesar de o médico ter adotado uma medida de precaução, a Sesau, por meio de nota, tratou o fato como "precipitação" do profissional, diante do não resultado do teste laboratorial. 
Confira a nota na íntegra:
A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) comunica que o teste realizado no paciente de 63 anos que faleceu na última segunda-feira (23), às 18h, no Hospital Unimed, em Maceió, NÃO tem relação com o novo coronavírus (Covid-19). O resultado laboratorial aponta que o homem testou NEGATIVO para o novo coronavírus, comprovando de que houve precipitação do médico que emitiu a Declaração de Óbito e incluiu a Covid-19, como uma das causas mortis, antes de ser o resultado pelo Laboratório Central de Alagoas (Lacen-AL).
A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) tem reiterado a necessidade de a população não repassar notícias falsas, evitando assim a geração de pânico entre as pessoas. A Sesau recomenda que é sempre preciso buscar os canais oficiais do Governo de Alagoas para obter informações verdadeiras acerca do novo coronavírus
Por: Gazetaweb


Postar um comentário

0 Comentários