AMA E MP RECOMENDAM SUSPENSÃO DE EVENTOS PÚBLICOS COM GRANDE AGLOMERAÇÃO

Arquivo Secom Maceió / Ailton Cru

Diante da nova variante Ômicron, que já está restringindo atividades em várias partes do mundo, o presidente Hugo Wanderley esteve reunido com o Procurador-Geral de Justiça, Márcio Roberto após conversar com o Cosems e PNI.

O presidente da AMA, prefeito Hugo Wanderley, e o Procurador Geral de Justiça, Márcio Roberto Albuquerque, decidiram, após reunião, que lançarão recomendação aos prefeitos e prefeitas que suspendam festividades públicas de grande aglomeração.

A AMA vai contribuir com a divulgação da recomendação tão logo ela seja publicada, oficialmente, pelo Ministério Público do Estado.

Ambas instituições (AMA e MP) acreditam que ainda não é o momento adequado para grandes aglomerações, principalmente as festividades públicas ,enquanto não houver um total controle de segurança sanitária. “Nossa preocupação sempre foi – e vai continuar sendo- cuidar das pessoas e salvar vidas”, disse o presidente da AMA, Hugo Wanderley.


Ascom AMA 

Postar um comentário

0 Comentários