PAGAMENTO DO AUXÍLIO BRASIL COMEÇA NESTA QUARTA-FEIRA; MACEIÓ TEM MAIS DE 183 MIL BENEFICIÁRIOS

 

Marcello Casal Jr / Agência Brasil

O governo federal iniciará nesta quarta-feira (17) o pagamento do Auxílio Brasil, novo programa de transferência de renda, que substituirá o Bolsa Família. Em levantamento feito pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), Maceió possui, atualmente, 183.449 beneficiários.

 

Os contemplados pelo Bolsa Família serão os primeiros a receber o Auxílio Brasil e migrarão automaticamente para o programa. Novas concessões do Auxílio só serão feitas pelo Ministério da Cidadania a partir de dezembro, por averiguação cadastral das famílias que estão no perfil para receber o benefício.

O recebimento do benefício seguirá o mesmo calendário de pagamento já estabelecido. Para saber em que dia sacar o valor, a família deve observar qual é o último algarismo do Número de Identificação Social (NIS), impresso no cartão do Bolsa Família. Aquelas que têm cartões terminados em 1 recebem no primeiro dia do calendário de pagamento; os terminados em 2, no segundo dia; e assim por diante. O calendário do mês de novembro segue até o dia 30.

Para receber o auxílio, basta apresentar o cartão do Bolsa Família. Quem não tiver, pode receber o benefício com um documento com foto e o NIS.

Para mais informações, os maceioenses podem entrar em contato com a sede do Cadastro Único por meio do telefone 3312-5924, (82) 98882-8257 (WhatsApp) e do 98882-8212 (WhatsApp). O horário de atendimento é das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira.

 

Auxílio Brasil


O Auxílio Brasil integra, em um só programa, diversas políticas públicas de assistência social, saúde, educação, emprego e renda. O programa é destinado a famílias em situação de extrema pobreza — com renda per capita de até R$ 89 — e famílias em situação de pobreza — renda familiar mensal de até meio salário-mínimo por pessoa ou quando todos os integrantes somam a renda mensal de até três salários-mínimos — que possuírem em sua composição gestantes ou pessoas com menos de 21 anos.





Redação com Secom Maceió 

Postar um comentário

0 Comentários